VILABO – Vidros para Laboratório | Av. Dr. José Henriques Vareda, nº 60 Marinha Grande 2430-037 PORTUGAL

Vidro Borossilicato

Set 24, 2020

O que é o Vidro Borossilicato?

O vidro Borossilicato é um tipo de vidro com uma elevada resistência química e um coeficiente de expansão térmico muito reduzido, logo apresenta uma elevada resistência térmica.
Perante tais caraterísticas este vidro é muito utilizado para fins laboratoriais, assim como em importantes instalações na indústria química derivado às suas excelentes propriedades químicas, físicas e óticas.
Este vidro é ainda anticorrosivo apresentando um comportamento vantajoso relativamente a outros materiais.

Propriedades químicas do vidro Borossilicato

O vidro Borossilicato (na sua versão 3.3) apresenta uma elevada resistência à água, a soluções ácidas e neutras, aos ácidos fortes e respetivas misturas bem como ao cloro, ao bromo e ao iodo. Além disso, com tempos de exposição prolongados e temperaturas superiores a 100 ºC, a sua resistência química é superior à maioria dos metais e outros materiais.
Através da ação da água e dos ácidos libertam-se apenas pequenas quantidades de iões, principalmente monovalentes. Deste modo forma-se sobre a superfície do vidro uma camada de gel de sílica quase isenta de poros impedindo assim um ataque futuro.

Apenas o ácido fluorídrico (HF), as soluções que contêm fluoretos tais como o fluoreto de amónio (NH4F), o ácido fosfórico (H3PO4) a uma temperatura elevada e soluções fortemente alcalinas atacam a superfície do vidro de uma forma gradual com o aumento da concentração e da temperatura.

A seguinte tabela expõe o algumas propriedades química mais ao pormenor.

Composição química aproximada Dados químicos Classe Norma de referência
Dióxido de silício (SiO2) – 81% em massa Resistência hidrolítica a 98ºC HGB 1 ISO 719
Óxido de boro (B2O3) – 13% em massa Resistência a 121 ºC HGA 2 ISO 720
Óxido de sódio/potássio (Na2O/ k2O) – 4% em massa Resistência aos ácidos Classe S1 DIN 12116
Óxido de alumínio – 2% em massa Resistência aos alcalis Classe A2 ISO 695

 

Propriedades óticas

O vidro Borossilicato (na sua versão 3.3) não exibe nenhuma absorção significativa na escala visível do espetro (400 – 700 nm), o que significa que a aparência do mesmo é desobstruída e incolor, ou seja, no campo espectral, de 310 a 2200 nm, a absorção deste vidro é insignificante.

Para trabalhar com substâncias sensíveis à luz, a superfície do vidro pode ser corada de castanho com uma cor de difusão conduzindo assim a uma forte absorção na zona dos pequenos comprimentos de onda.
A absorção feita pelo vidro corado está aproximadamente nos 500nm. Em processos fotoquímicos, a transmissão na escala ultravioleta é de extrema importância. O grau de transmissão de UV mostra que podem ser realizadas reações fotoquímicas como a cloração e a sulfocloração.

Utilizações do vidro Borossilicato

O vidro Borossilicato tem enumeras utilizações, sendo uma das mais conhecidas ser em laboratórios de investigação, como é mais comum de se ver. No entanto este tipo de vidro também é utilizado em cozinhas, como por exemplo: recipientes que vão dentro do forno é feito em Borossilicato, assim como alguns copos para medir substâncias.
Alguns aquecedores de aquários são envolvidos em recipientes de Borossilicato devido à sua elevada resistência térmica.